A italiana Ducati dá início às vendas da nova 1199 Panigale S Senna

Em 2014 comemoramos os 20 anos de legado de um dos maiores ídolos da história da Fórmula 1, o piloto Ayrton Senna. Em tributo especial a este verdadeiro ícone nacional do automobilismo, a Ducati, marca italiana que se tornou referência em motocicletas premium de alto desempenho, proporciona aos fãs, admiradores e colecionadores a oportunidade única de ser um dos donos da esportiva mais cobiçada dos últimos tempos, a 1199 Panigale S Senna.

O modelo custará R$ 100 mil e terá apenas 161 unidades (número referente ao total de corridas disputadas pelo piloto na Fórmula 1) especialmente produzidas para um seleto grupo de colecionadores ducatisti brasileiros. Parte da renda obtida com as vendas da motocicleta será direcionada aos programas educacionais do Instituto Ayrton Senna.

De acordo com Ricardo Susini, Diretor-Geral da Ducati no Brasil, este lançamento é um marco para a montadora italiana de motocicletas premium no País. “Ayrton Senna foi um dos maiores ídolos nacionais e um grande fã da Ducati. Com a 1199 Panigale S Senna, não só o homenageamos como também colaboramos ativamente para o maior legado que ele deixou, o Instituto Ayrton Senna”, diz o executivo.

“Uma motocicleta como esta, exclusivamente desenvolvida para o mercado brasileiro, além de celebrar a memória do piloto, também ilustra a importância do Brasil para a Ducati, pensando em um contexto mundial”, completa Susini.

Viviane Senna, Presidente do Instituto Ayrton Senna, também reforça a importância do lançamento para o legado de 20 anos do piloto no Brasil. “Em nome de meu irmão e de toda a família, agradeço muito esta homenagem e a parceria com a Ducati, que contribui para levar educação pública de qualidade e oferecer oportunidades de desenvolvimento a crianças e jovens de todas as regiões do Brasil”, completa.

As reservas das 161 unidades da 1199 Panigale S Senna já podem ser feitas no site da Ducati Brasil: http://www.brasil.ducati.com/motos/superbike/1199_panigale_s_senna/index.do

 

1199 Panigale S Senna – sonho para poucos

Fora do cockpit, Ayrton Senna alimentava seu entusiasmo também por motocicletas e era um Ducatista, dono de uma Monster 900 e uma Desmo 851. Em 1994, Senna esteve na fábrica da Ducati em Borgo Panigale, na região de Bologna (Itália), e contribuiu para que a Ducati desenvolvesse uma série especial, que mais tarde levaria o seu nome, 916 Senna.

A nova 1199 Panigale S Senna é uma releitura exclusiva da 916 Senna, desenvolvida com o toque pessoal de Ayrton e que se tornou uma das motocicletas mais famosas da marca. Ela alia o design incomparável da 1199 Panigale S com as cores cinza Senna e vermelho, ambas desenvolvidas pela Ducati de acordo com especificações passadas pelo próprio piloto, que na época desejava criar um ícone de absoluto desejo.

A motocicleta está equipada com o que há de mais moderno, inovador e exclusivo em tecnologia Ducati para motocicletas esportivas, refletindo o perfil de competição vivido por Ayrton nas pistas de corrida. Conta com componentes de fibra de carbono (para-lamas frontal e traseiro, proteção do monobraço, proteção do calcanhar, amortecedor traseiro de alta performance e revestimento do compartimento interno da mesa inferior da suspensão eletrônico ohlins).

Além disso, reúne toda a tradição esportiva e conhecimento adquirido no desenvolvimento de sua irmã, a 1199 Panigale S, preservando a essência e excelência da tecnologia “made in Borgo Panigale”. Desta forma, traz o motor Desmodrômico Superquadro de 2 cilindros em L e 1198cc, projetado como um elemento estrutural do chassi.

As suspensões montadas são Öhlins NIX30 43mm com TiN e TTX36 (dianteiro e traseiro respectivamente), totalmente ajustáveis eletronicamente na compressão e retorno dando as mesmas características exclusivas das superbikes com a chancela “S”.

O farol dianteiro desaparece nas tomadas de ar para dar uma aparência de competição sem barreiras e iluminação em LED. As formas elegantes da sela e da traseira são destacadas pela posição da luz traseira totalmente em LED. Perspectivas e linhas foram desenhadas para atingir a perfeição estética; cada um dos seus componentes é uma verdadeira realização na integração da engenharia com o design.

Completam a configuração da moto o escapamento Ducati Performance, freios ABS, RbW (Ride by Wire), DTC (Ducati Traction Control), EBC (Engine Break Control), DQS (Ducati Quick Shift) e DES (Ducati Eletronic Suspension).

1199 PANIGALE S SENNA – COMPETIÇÃO E VELOCIDADE
RESERVAS: http://www.brasil.ducati.com/motos/superbike/1199_panigale_s_senna/index.do

FICHA TÉCNICA
Motor: Superquadro: 2 cilindros em L, 4 válvulas por cilindro, Desmodrômico, refrigerado a água
Cilindrada: 1198cc
Potência: 195hp (143kW) @ 10750rpm
Torque: 98.1lb-ft 132Nm @ 9000rpm
Escapamento: Sistema 2-1-2 com conversor catalítico e 2 sondas lambda. Dois silenciadores inoxidáveis com mangas externas de alumínio
Câmbio: 6 velocidades com DQS Ducati Quick Shift
Chassi: Monocoque em alumínio
Roda Dianteira: 3 raios em liga leve forjada Marchesini 3,50″ x 17″
Pneu Dianteiro: 120/70 ZR17 Pirelli Diablo Supercorsa SP
Roda Traseira: 3 raios em liga leve forjada Marchesini 6,00″ x 17″
Pneu traseiro: 200/55 ZR17 Pirelli Diablo Supercorsa SP
Peso seco: 166,5kg (367.1lb)

 

Fonte: Ducati

Autor: Eduardo Azeredo

770 stories / Procurar todas
Do Rio de Janeiro, há mais de 14 anos envolvido com o motociclismo, e atua como piloto de testes e jornalista motociclístico para diversos veículos de comunicação, em especial o Jornal Motocycle, Revista Torque, CarPoint News, entre outros, fazendo avaliações / testes de motocicletas e produzindo matérias a respeito do mundo duas rodas. Também apresentador do programa Duas Rodas News, na emissora Luau TV

Relacionadas »