Confira tudo o que aconteceu na 7ª etapa do SuperBike Brasil 2016

Foto: Johanes Duarte – VGCOM

A 7ª etapa do SuperBike Brasil aconteceu neste domingo, dia 23 de outubro, no Autódromo Ayrton Senna – Londrina (PR). Confira abaixo os resultados das corridas de todas as categorias.

Com manobra arrojada, Pierluigi vence 7ª etapa da SuperBike em Londrina
Numa corrida de tirar o fôlego, Diego Pierluigi (#84), da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing, foi mais audacioso e venceu a 7ª etapa da SuperBike, prova realizada no início da tarde deste domingo (23), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina. O piloto argentino obteve sua segunda vitória consecutiva no campeonato e mostrou que está disposto a brigar pelo lugar mais alto do pódio.

A etapa de Londrina já começou como a mais disputada desta temporada. Ao todo, cinco pilotos brigaram de igual para igual pela pole position e Diego Faustino (#68), da equipe Honda, acabou levando a melhor. Tudo parecia indicar que a vitória ficaria com o piloto londrinense, que corria em casa diante da sua torcida. E até os momentos finais da prova essa previsão vinha se concretizando.

Faustino largou na frente, porém não conseguiu em nenhum momento se distanciar do seu xará argentino. Os dois pilotos aceleraram muito forte nas voltas iniciais e fecharam tempos dignos de SuperPole. Com uma diferença mínima entre eles, Faustino comandou praticamente toda a corrida. Foi somente na penúltima volta que este cenário mudou. Pierluigi conseguiu se aproximar ainda mais e, com uma manobra bastante arrojada, tomou a ponta. Logo em seguida, Faustino tentou dar o troco, porém, não conseguiu e por muito pouco os dois adversários não acabaram se tocando em uma das curvas seguintes. Pierluigi acabou abrindo alguns décimos de vantagem e recebendo a bandeirada em primeiro. Já o brasileiro, que precisava da vitória para se aproximar do líder do campeonato, ficou com a segunda posição.

Quem acabou ganhando com esse desfecho foi Danilo Lewis (#17), da equipe Tecfil Racing Team. O piloto da cidade de Osasco (SP) conseguiu ultrapassar Wesley Gutierrez (#134), da Kawasaki Racing Team, na parte final da prova e faturar o terceiro lugar no pódio. Apesar de ficar de fora da disputa pela ponta, Lewis – que lidera a competição – viu a aproximação de Faustino na tabela classificatória caminhar um pouco mais devagar. Enquanto isso, a quarta posição na corrida ficou para o também londrinense Wesley Gutierrez, seguido por Maico Teixeira (#36), da Honda, em quinto.

Na categoria Pro Amador, o vencedor foi Jeferson Marchesin Friche (#6), da HG Motos Racing. Roque dos Santos (#21), da equipe Playstation / PRT, garantiu a vice-liderança e encerrou a prova logo à frente de Rui Luiz Alves (#78), da Pro Racing Team, em terceiro. Já o quarto lugar no pódio foi para Fábio Nallin (#47), da equipe Misano Racing Team, seguido por Arivaldo Lopes Neto (#21), da Pitico Race Team, na quinta posição.

Pela Pro Estreante, piloto da casa Juracy Rodrigues “Black” (#560), da equipe Black Day Racing Team, garantiu a vitória. A segunda posição foi para Luciano Pokemon (#77), da Pkm Racing, seguido por Davi Lara Costa (#12), da equipe JC Racing Team, em terceiro.

Na SuperBike Pro Master – com pilotos acima de 45 anos –, a primeira colocação em Londrina ficou com Jirios Semaan Abboud (#100), da equipe BH Racing. O piloto venceu a briga particular com seu único adversário, Elson Tenebra Otero (#2), da Suzuki/Econs/Best Riders, que encerrou a prova em segundo.

Cleberson Maicher vence com folga 7ª etapa da SBK Light em Londrina
Cleberson Maicher “Alemão” (#17), da equipe Black Day Racing Team, foi imbatível e venceu a 7ª etapa da categoria SuperBike Light, prova realizada na tarde deste domingo (23) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR). O piloto catarinense, da cidade de Itapema, dominou a corrida de ponta a ponta e obteve sua primeira vitória nesta temporada.

Maicher já começou muito forte a disputa desta rodada realizada em solo paranaense. O piloto foi o mais rápido nas sessões classificatórias e garantiu a pole position. Já na corrida, nenhuma surpresa. Maicher consolidou sua liderança com diversas voltas rápidas e chegou a abrir uma vantagem de cinco segundos para Guto Figueiredo (#18), da KT5/A2/Passaredo, o então vice-líder da prova. Somente na penúltima volta, quando a vitória já estava praticamente assegurada, que ele afrouxou o punho. O piloto da equipe Black Day Racing Team encerrou a corrida na liderança e comemorou a bastante a primeira vitória no campeonato.

Enquanto isso, a vice-liderança foi para Guto Figueiredo. O piloto, que largou em quinto, ganhou três posições ao longo da corrida e foi o segundo a receber a bandeirada. Apesar disso, não teve vida fácil. Após ultrapassar Marcelo Moreno (#77), da equipe Patricia Lupinetti, o piloto de Ribeirão Preto (SP) passou a ser perseguido pelo atual líder do campeonato, Rodrigo Calmon Dazzi (#146), da Indus Giromoto Ello. O capixaba cerrou o punho e começou a cravar seguidas voltas rápidas. A diferença que entre eles chegou a ser de alguns segundos caiu para poucos décimos. Embalado, Dazzi fechou sua melhor volta na corrida, 1m21s808, e encerrou a prova na terceira posição, menos de dois décimos atrás de Guto.

Seguindo a classificação final, Marcelo Moreno obteve o quarto lugar no pódio e ficou logo à frente de Jean Vieira (#110), da equipe Terror Racing, em quinto. Por sinal, Jean teve um excelente final de prova. O piloto catarinense cerrou o punho e cravou a volta mais rápida da corrida, 1m21s754, e ainda tomou a posição que vinha sendo ocupada por Victor Villaverde (#42), da Cerciari Racing School.

Já pela categoria SuperBike Light Master – com pilotos acima dos 45 anos, a primeira colocação foi para Marcos Ramalho (#9), da equipe Pitico Race Team. O piloto obteve sua terceira vitória no campeonato por uma vantagem de apenas quatro décimos sobre Rene Ferreira (#47), da equipe Pro Racing Team, que ficou com a segunda posição. Antonio Telvio (#5), da Qatar Racing Team Brasil, garantiu o terceiro lugar no pódio, logo à frente de Nelson Oliveira (#145), da equipe Os impossíveis, em quarto, e de Michel Abboud (#8), da BH Racing, em quinto.

Eric Granado vence etapa de Londrina e segue líder na categoria SuperSport
Eric Granado (#51), da equipe Granado Sport Team, foi o mais rápido e venceu a 7ª da categoria SuperSport, prova realizada na tarde deste domingo (23) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (SP). Com o resultado, o piloto paulistano segue imbatível nesta temporada e conquista a quinta vitória consecutiva.

A rodada do SuperBike Brasil disputada em solo paranaense já começou bastante positiva para Eric Granado. O atual líder do campeonato obteve mais uma pole position e vinha como favorito para a corrida. Porém, logo no início da prova o piloto passou por um susto. Granado não largou bem e chegou a tocar na moto de seu principal adversário, o uruguaio Maximiliano Gerardo (#41), da equipe Motonil Motors. Com isso, o piloto acabou ficando para trás e perdendo posições.

Gerardo assumiu a liderança, com Lucas Torres (#77), da equipe Pitico Race Team, em segundo, seguido por Pedro Sampaio (#28), da Tecfil Racing Team, em terceiro, e Alex Schultz (#22), da Dynel’s Racing Team, na quarta posição. Porém, já na segunda volta Eric Granado se recuperou do vacilo inicial e recuperou duas posições perdidas. Na seguinte, pulou para a vice-liderança.

A corrida seguiu com Gerardo na ponta e Granado em segundo, que vinha estudando a melhor forma de ultrapassar o adversário. Os dois seguiram no mesmo ritmo até a sétima volta, quando o piloto paulistano fez uma bela manobra na curva da Caixa D’água e assumiu a liderança. A partir deste momento, Granado acelerou forte e começou a abrir vantagem. O brasileiro recebeu a bandeirada quase seis segundo à frente do adversário e comemorou a vitória. Gerardo encerrou a prova logo atrás e ficou com a segunda posição no pódio.

Enquanto isso, a terceira posição foi para Lucas Torres seguido por Pedro Sampaio em quarto e com Alex Schultz completando o pódio na quinta posição.

José Duarte garante vitória em Londrina na 7ª etapa da Copa CBR 500R
Em uma corrida bastante disputada, José Duarte (#97), da equipe Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, foi o mais rápido e venceu a 7ª da Copa Honda CBR 500R, prova realizada no final da manhã deste domingo (23) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR).

Duarte largou em terceiro e já nos primeiros momentos iniciou disputa com Leonardo Tamburro (#53), da equipe Honda MotoSchool de Talentos, briga que seguiria até os derradeiros instantes da corrida. Os dois dispararam na frente dos demais pilotos e revezaram a ponta ao longo das 12 voltas. Após protagonizarem uma série de ultrapassagens, Duarte e Tamburro abriram a volta final com uma diferença mínima entre eles.

O piloto da Estrella Galicia acabou levando a melhor. José Duarte conseguiu retomar a ponta na metade da última volta e ainda abrir uma pequena vantagem. Com isso, o piloto cruzou a linha de chega em primeiro. Tamburro ficou na segunda colocação, seguido por Rafael Rigueiro (#52), da equipe MotoSchool Racing Team, – que disputa a Light – em terceiro.

De volta à categoria principal, Arthur Costa (#99), da equipe 99 Racing, garantiu o terceiro lugar no pódio. Já Guilherme Brito (#19), da Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, não teve um grande dia. O piloto abandonou a prova na sétima volta após sua moto apresentar problemas mecânicos. Completando o pódio, Maria Fernanda Rocha (#22), da Moretti Racing Team/SAF-RJ, obteve a quarta posição.

Já pela categoria Light, Rafael Rigueiro foi o grande vencedor. Enzo Valentim Garcia (#4), da Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, faturou a vice-liderança, seguido por Elenara Geraldo (#7), da Moretti Racing Team/SAF-RJ, em terceiro, Alexandre Dal’ Olio Franca (#82), da Fullmann SuperBike, em quarto, e Linda Raad (#23), da Moretti Racing Team/SAF-RJ, na quinta posição.

Entre a garota da categoria Teen, Rigueiro somou mais uma vitória em Londrina. Enzo Garcia faturou a vice-liderança e MaFe o terceiro lugar.

Meikon larga da última posição para vencer etapa da SuperStreet em Londrina
Meikon Kawakami (#83), da equipe Playstation Yamaha, fez uma corrida exemplar e venceu a 7ª etapa da categoria SuperStreet, prova realizada na manhã deste domingo (23) no Autódromo Internacional Ayrton Senna. O piloto largou na última posição grid – por não ter participado dos treinos classificatórios – fez inúmeras ultrapassagens e na oitava volta já ocupava a liderança.

A vitória de Meikon pode ser traduzida por uma palavra: superação. Porém, apesar de alcançar um feito impressionante, o garoto não teve vida fácil para manter a liderança nas voltas finais. Um pelotão formado por quatro competidores abriu a última volta todos praticamente lado a lado. Meikon, Marciano Santin (#7), da equipe SantinRacing, Rafael Gomes Traldi (#128), da Motonil Motors, e Sarah Conessa de Moura (#35), da Cerciari Racing School, percorreram os últimos 3.055 metros do circuito com uma distância mínima entre eles.

A vitória seguiu indefinida até os quatro chegaram à linha de chegada. Com uma pequena vantagem de cerca de dois décimos, Meikon faturou mais uma importante vitória no campeonato. Enquanto isso, Rafael Traldi ficou com a vice-liderança e encerrou a corrida logo à frente de Marciano Santin, em terceiro, e de Sarah Conessa, em quarto. Completando o pódio, Rafael Rosa (#45), da equipe Arthur Racing/Vipal/SOS Vida, faturou a quinta posição.

E além das disputas emocionantes, a prova ainda contou com alguns abandonos que mudaram o rumo da corrida. Ainda na terceira volta, o então líder Suel da Silva (#33), da equipe Paulinho Superbikes, sofreu uma queda ao encostar na zebra e, com isso, deu adeus à disputa. Esse foi o mesmo destino de Pedro Henrique Ramos (#13), da R1 Pinturas Personalizadas. O piloto liderou boa parte da prova e protagonizou uma briga particular com Meikon Kawakami. Porém, na oitava volta acabou sofrendo uma queda e abandonando a corrida.

Enquanto isso, pela Yamaha R3 Cup, a briga também foi bastante acirrada. Três dos quatro ponteiros da corrida em Londrina participam da categoria e obtiveram a presença nos dois pódios. Rafael Traldi foi o vencedor na disputa entre as Yamahas, com Marciano Santin na vice-liderança e Sarah Conessa em terceiro.

Já um pouco mais distante dos líderes, Maycon Benassi (#71), da equipe Tecfil Racing Team, foi o quarto colocado na R3 Cup – 8º no geral – e Humberto Turquinho Jr (#12), da Fastkids, o quinto – 11º no geral.

Fábio Jandaia vence com facilidade 7ª etapa da Ninja 300 em Londrina
Fábio Jandaia (#10), da equipe Motocar Racing, não deu a menor chance aos adversários em Londrina. O piloto paranaense da cidade de Jandaia do Sul dominou quase que por completo a corrida válida pela 7ª etapa da Copa Kawasaki Ninja 300, realizada no início da tarde deste domingo (23), no Autódromo Internacional Ayrton Senna.

Jandaia largou em primeiro e seu único susto ao longo da prova foi ainda no início da primeira volta, quando foi surpreendido por Bruno Ribeiro (#169), da equipe Rota Baús, que lhe roubou temporariamente liderança. Porém, logo em seguida Jandaia deu o troco e reassumiu a ponta para não mais perdê-la e começar a abrir vantagem sobre os adversários.

Em uma corrida solitária ao longo de suas 10 voltas, o piloto da equipe Motocar Racing manteve um ritmo constante e recebeu a bandeirada na frente para comemorar sua primeira vitória nesta temporada. Enquanto isso, Bruno Ribeiro, que disputa a Ninja 300 Light, venceu na sua categoria e foi o segundo a cruzar a linha de chegada.

Já Fernando Santos (#234), da equipe Tecfil Racing Team, foi o terceiro a receber a bandeira quadriculada e ficou com o segundo lugar no pódio entre os competidores da Pro. O quarto a completar a prova foi Jeferson Souza (#707), também da Tecfil Racing Team. O piloto obteve um bom desempenho na pista Londrina e faturou a vice-liderança da Light.

Na sequência, Pedro Henrique Ramos (#13), da equipe R1 Pinturas Personalizadas, garantiu o terceiro lugar da categoria Pro e encerrou a prova logo à frente de Rafael Rosa (#45), da Arthur Racing/Vipal/SOS Vida, em quarto, e do atual líder do campeonato, Sandro Paganelli (#64), da Paganelli Racing, – que marcou sua estreia na pista Londrina – na quinta posição.

Enquanto isso, o pódio da categoria Ninja 300 Light contou com a presença de Bruno Ribeiro no degrau mais alto e Jeferson Souza em segundo. Douglas Paz de Oliveira (#690), da equipe DPO Racing, faturou a terceira posição, seguido por Marcelo Larini (#87), da Marina Club, em quarto, e por Rafael Evandro David (#00), da Sato Moto, em quinto.

Bruno Gonzalez vence com folga etapa da Honda Junior Cup em Londrina
Em uma corrida bastante tranquila, Bruno Gonzalez (#98) venceu com folga a 6ª etapa da categoria-escola Honda Junior Cup, realizada no início da manhã deste domingo (23), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina. O jovem piloto dominou os treinos classificatórios e garantiu a pole position. E na corrida, não encontrou dificuldades. Bruno largou muito bem e logo na abertura da segunda volta já havia aberto mais de dois segundos de vantagem sobre os adversários.

Bruno administrou a prova e ao longo das oito voltas ampliou cada vez mais sua vantagem na ponta. O piloto recebeu a bandeirada em primeiro, quase cinco segundos à frente do vice-líder. Enquanto isso, a disputa pela segunda posição foi mais acirrada. Felipe Macan (#2) e Alexandre Gonzalez (#89) travaram um bonito duelo na pista. Macan largou na frente e precisou se defender dos ataques do adversário. Na quarta volta os dois chegaram a trocar posições, porém, Macan conseguiu retomar a vice-liderança. Os dois seguiram num mesmo ritmo até o fim da corrida. Macan cruzou a linha de chegada em segundo e Alexandre, em terceiro.

Em seguida, um pelotão formado por quatro pilotos brigou pelas outras duas posições do pódio. Mario Salles (#42) garantiu o quarto lugar somente na volta final, quando ultrapassou Lincoln Lima Melo (#29) e recebeu a bandeirada em quarto, isso com uma vantagem de apenas sete milésimo. Em contrapartida, Lincoln, que havia passado reto na curva de entrada da Reta dos Boxes e com isso perdido posições, conseguiu fazer algumas ultrapassagens e encerrar a prova em quinto.

Os resultados são extraoficiais e estão sujeitos a verificações técnicas.

Ingressos para ARQUIBANCADA são GRATUITOS

Calendário SuperBike Brasil 2016

  • 8° SuperBike Brasil: 13 de Novembro – Goiânia (GO)
  • 9° SuperBike Brasil: 04 de dezembro – Curitiba (PR)

Autor: Eduardo Azeredo

770 stories / Procurar todas
Do Rio de Janeiro, há mais de 14 anos envolvido com o motociclismo, e atua como piloto de testes e jornalista motociclístico para diversos veículos de comunicação, em especial o Jornal Motocycle, Revista Torque, CarPoint News, entre outros, fazendo avaliações / testes de motocicletas e produzindo matérias a respeito do mundo duas rodas. Também apresentador do programa Duas Rodas News, na emissora Luau TV

Relacionadas »