Ducati traz para o Brasil a Diavel Dark

A Ducati, marca italiana que se tornou sinônimo em motocicletas premium de alto desempenho, tecnologia e design inovador, traz para Brasil a Diavel Dark, versão com pintura especial em preto fosco, que confere ainda mais imponência e elegância ao modelo que foi projetado para ser a “moto dos sonhos” por conta da beleza e design inovador (mais robusto, baixo e alongado), além da potência caraterística de uma Ducati.

Considerada uma das mais desejadas da montadora italiana no mundo, a Diavel Dark traz, além da pintura preto fosco da estrutura, outros equipamentos e detalhes com acabamento na mesma cor – garfos deslizantes DLC revestidos, dutos de ar do tanque, rodas, ponteira do escapamento, pedais de controle, barras, espelhos e corpo do farol – tornando o visual da motocicleta ainda mais sombrio e exclusivo.

O modelo, que já pode ser adquirido por R$ 62.900,00 nas principais concessionárias Ducati no Brasil, oferece ao motociclista 162 cv de potência e três modos de pilotagem (sport, touring e urban). Também disponibiliza o Ducati Safety Pack (ABS + Ducati Traction Control).

Outro diferencial que torna a Diavel Dark ainda mais atrativa e única no segmento é o painel digital colorido, com marcador de marcha e chave de reconhecimento por presença. O modelo conta ainda com câmbio de seis velocidades e chassi de treliça de aço tubular. A cereja no bolo fica por conta do motor Testastretta 11° de dois cilindros (em L – quatro válvulas por cilindro), Desmodrômico e refrigerado à água.

Segundo Ricardo Susini, diretor-geral da Ducati no Brasil, a Diavel Dark é uma das mais desejadas motocicletas também pelos ducatisti brasileiros. “Além do ar misterioso, a pintura fosca ressalta suas curvas e design fazendo-a ainda mais sexy.  Não há igual. Perfeito para quem busca uma moto exclusiva e que ofereça uma experiência única e diferenciada de pilotagem”, conta o executivo.

Além da Diavel Dark, a Ducati dispõe ainda de mais duas opções do modelo:

  • Diavel Cromo: releitura das roupagens clássicas, painéis de tanque cromados que se destacam em relação ao quadro feito em treliça pintado em preto e parte de baixo da carcaça do farol dianteiro também com um toque cromado, além do paralama dianteiro com duas listras prateadas e as entradas de ar, uma de cada lado do tanque, com a palavra “Cromo” elegantemente gravada a laser;
  • Diavel Carbon: mistura componentes estéticos e de desempenho a partir da fibra de carbono, carcaças de disco de freio em alumínio fresado, acessórios pretos e atraentes, e rodas Marchesini em alumínio forjado com acabamento torneado.
FICHA TÉCNICA – DIAVEL DARK
Motor: Testastretta 11°, 2 cilindros em L, 4 válvulas por cilindro, Desmodrômico, refrigerado a água
Cilindrada: 1198.4cc
Potência: 162 cv @ 9,500 rpm
Torque: 127.5 Nm @ 8,000 rpm
Escapamento: Sistema 2-1-2 leve com conversor catalítico e duas sondas lambda. Dois silenciadores de alumínio
Câmbio: 6 velocidades
Chassi: Chassi de treliça de aço tubular
Roda Dianteira: 14 raios em liga leve 3,50 x 17
Pneu Dianteiro: 120/70 ZR 17 Pirelli Diablo Rosso II
Roda Traseira: 14 raios em liga leve 8,00 x 17
Pneu traseiro: 240/45 ZR17 Pirelli Diablo Rosso II
Peso seco: 210kg

Autor: Eduardo Azeredo

771 stories / Procurar todas
Do Rio de Janeiro, há mais de 14 anos envolvido com o motociclismo, e atua como piloto de testes e jornalista motociclístico para diversos veículos de comunicação, em especial o Jornal Motocycle, Revista Torque, CarPoint News, entre outros, fazendo avaliações / testes de motocicletas e produzindo matérias a respeito do mundo duas rodas. Também apresentador do programa Duas Rodas News, na emissora Luau TV

Relacionadas »