Um trem gigante, centenas de motociclistas e a manifestação agendada para o dia 13 março, no Rio de Janeiro

Um trem gigante, centenas de motociclistas e a manifestação agendada para o dia 13 março, no Rio de Janeiro. Ao contrário do tradicional “uniforme” preto e roupas de couro, desta vez os “malvadões” estarão vestidos com as cores verde e amarelo na luta pelo fim da corrupção que assola a política brasileira.

Com a concentração marcada para as 9h, na Barra da Tijuca, os amantes de motocicletas sairão em formação por diversos bairros da cidade, passando pela Orla da Barra, São Conrado, Lagoa, Leblon e terminando em Copacabana. O grupo, inclusive, promete muito barulho durante o trajeto.

Além do tradicional “panelaço”, haverá o “motorzaço”- com todas as motos presentes em sincronia acelerando seus motores. O resultado será um barulho ensurdecedor em protesto contra a corrupção e o governo. Vale ressaltar que a participação é pacífica e aberta para qualquer pessoa que tenha motocicleta.

Preocupados em não tumultuar o trânsito no domingo de manifestação no Rio – o trem deve ocupar dois quilômetros de via, numa formação alternada que é uma prática de segurança, O Inspetor-Geral da GMRio, Cel. Luiz Cláudio Laviano, autorizou o apoio da Coordenadoria de Trânsito da Guarda.

Os organizadores, por sua vez, pedem para que os participantes venham vestidos com roupas verdes e amarelas, respeitem as regras de trânsito e prestem atenção às orientações que serão dadas no momento da partida. Tudo para garantir que a manifestação seja positivamente impactante.

“Não dá mais para assistirmos os fatos pela TV ou dando meras curtidas em posts. Vamos participar. E se é para fazer barulho, nada melhor que usarmos nossas motos”, diz Rodrigo Azevedo, um dos organizadores da motomanifestação.

Serviço:
– Ponto de Encontro na Av da Américas 3939 – Shopping Esplanada da Barra às 9h. Saída do trem de motos às 10h.
– Os organizadores pedem que os participantes venham com bandeiras do Brasil e roupas verde/amarelo.
– Qualquer marca de motocicleta pode participar.
– A manifestação é pacífica.

Autor: Eduardo Azeredo

770 stories / Procurar todas
Do Rio de Janeiro, há mais de 14 anos envolvido com o motociclismo, e atua como piloto de testes e jornalista motociclístico para diversos veículos de comunicação, em especial o Jornal Motocycle, Revista Torque, CarPoint News, entre outros, fazendo avaliações / testes de motocicletas e produzindo matérias a respeito do mundo duas rodas. Também apresentador do programa Duas Rodas News, na emissora Luau TV

Relacionadas »