Vida útil da bateria da moto pode ser maior com boas práticas do motociclista

Diferente dos modelos utilizados em automóveis, as baterias de moto carregam muito pouco e têm uma capacidade inferior de armazenamento de carga. Dessa forma, simples cuidados no uso podem contribuir para a melhoria do desempenho do produto e, consequentemente, o aumento de sua vida útil.

“Muitos dos problemas com baterias para motos, que chegam ao nosso conhecimento, poderiam ter sido evitados com atitudes proativas dos usuários. Foi por isso que decidimos auxiliá-los com algumas dicas de boas práticas”, explica Adelmo Leite, coordenador de assistência técnica da Johnson Controls, fabricante das baterias Heliar. Atualmente, mais de 80% das motos fabricadas no Brasil estão equipadas com Heliar quando deixam as montadoras.

Dicas de boas práticas da Heliar na aquisição e uso de baterias de moto:

  • Verifique a data de fabricação no momento da compra – A partir do quarto mês de fabricação, a bateria que está na prateleira já não possui 100% da carga. Nesse caso, ao comprar o produto em um posto autorizado, aconselha-se que o cliente solicite ao vendedor uma recarga de 30 minutos no produto. Dessa forma, ele terá a certeza de que a bateria será instalada em sua moto com 100% da capacidade de energia.
  • Procure por profissionais capacitados – A instalação da bateria por um profissional que não tenha amplo conhecimento do produto é uma atitude barata que pode sair cara, já que se corre o risco de o produto ser aplicado de maneira indevida. Ao fazer a substituição da bateria em um posto autorizado, por exemplo, tem-se a oportunidade de verificar quais motivos reais encerraram a vida útil da sua antiga bateria e, dessa forma, receber orientações para que o novo produto dure mais.
  • Oxidação é sinal de problema – É importante ficar atendo à oxidação nos terminais da bateria para não prejudicar o desempenho do produto. Por isso, a limpeza tanto deles como dos “chicotes” ou terminais da moto é fundamental, principalmente, no momento da substituição da bateria.
  • Moto só deve ficar ligada se estiver em movimento – Perca o hábito de deixar a moto ligada enquanto conversa, por exemplo. Antes de desliga-la, certifique-se de que os faróis estejam apagados, demandando, assim, menos energia na próxima partida.
  • Só use o freio quando precisar parar ou reduzir a velocidade – Muitos usuários têm o hábito de pilotar suas motos apoiando o pé no freio, desviando energia da bateria para acionar a luz traseira, sem necessidade.
  • Cuidado ao substituir itens originais de fábrica – É um erro substituir os itens originais da moto por modelos mais potentes sem checar se a capacidade da bateria suporta os novos adereços, incluindo faróis, buzina e alarme, entre outros. Essa atitude pode provocar descarga no produto.
  • Atenção à revisão da bateria – Se a moto é utilizada para fins profissionais, a recomendação é que a revisão do produto seja feita a cada três meses. Já para as de passeio pode-se considerar a frequência de duas vezes por ano.
  • Tenha em mente que o verão é um inimigo da sua bateria – Em geral, no verão, as baterias de carro sofrem desgaste devido ao superaquecimento causado pelo clima, porém os danos só se manifestam no período do inverno, com as dificuldades de partida, por exemplo. Em motos, esse sintoma é um pouco menor porque o local de instalação do produto permite que ele seja beneficiado com mais ventilação, mas, ainda assim, é necessário atenção por parte dos usuários.
  • Em caso de problemas, procure pelo fabricante – Independente da marca de bateria escolhida, ao detectar uma deficiência no desempenho do produto, entre em contato com o fabricante, por meio do SAC da empresa ou de postos autorizados. Essa é a forma mais segura de não agravar o problema que, inicialmente, pode ser simples.

Autor: Eduardo Azeredo

770 stories / Procurar todas
Do Rio de Janeiro, há mais de 14 anos envolvido com o motociclismo, e atua como piloto de testes e jornalista motociclístico para diversos veículos de comunicação, em especial o Jornal Motocycle, Revista Torque, CarPoint News, entre outros, fazendo avaliações / testes de motocicletas e produzindo matérias a respeito do mundo duas rodas. Também apresentador do programa Duas Rodas News, na emissora Luau TV

Relacionadas »