Confira os resultados da 1ª etapa da Copa Pirelli SBK

Foto: Gilmar Rose – VGCOM

A 1ª etapa da Copa Pirelli SBK aconteceu neste domingo, dia 22 de janeiro, no Autódromo de Interlagos – São Paulo (SP). Confira abaixo os resultados das corridas de todas as categorias.

Schultz vence com folga 1ª etapa da Copa Pirelli pela categoria SuperSport
Sem surpresas, Alex Schultz (#22), da equipe Dynel’s Racing Team, não encontrou dificuldades para vencer com folga a 1ª etapa da Copa Pirelli pela categoria SuperSport, prova realizada no início da tarde deste domingo (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O atual campeão Paulista largou na pole position e já nas primeiras voltas impôs seu ritmo forte e abriu uma grande vantagem para os adversários. Correndo praticamente sozinho, Schultz completou as 12 voltas da corrida e cruzou a linha de chegada em primeiro.

Enquanto isso, a vice-liderança da prova ficou com Ives Moraes (#23), da equipe Motom. O piloto ultrapassou Andre Verissimo (#9), da Tecfil Racing Team, logo nas primeiras voltas e manteve a posição até receber a bandeirada. O terceiro lugar no pódio ficou com Verissimo, seguido por Lucas Dezeró (#7), da equipe Alemão Pneus. Leandro Ramos Esposito (#32), da Pitico Race Team, – que disputa a categoria Pro Amador – foi o quinto colocado no geral. Já a quinta posição da Pro seguiu para Julio Cesar Fortunato (#56), da equipe Sport Plus Racing.

Pela categoria SuperSport Pro Amador, o grande vencedor foi Leandro Esposito. Já a segunda colocação ficou com Luis Ferraz (#13), da equipe Tecfil Racing Team, que realizou uma grande prova. O piloto ganhou posições e manteve um desempenho extremamente constante, sempre fechando voltas na casa de 1m49s. Seguindo a classificação final, Raphael Arcari Brito (#96), da Pitico Race Team, que tinha feito a pole da categoria, foi apenas o terceiro colocado. Carlos Eduardo Martinez (#57), da equipe Full Rider Team, encerrou a prova em quarto lugar, logo à frente de Samuel Salla (#1), da WR Escapamentos, que fechou o pódio em quinto.

Lewis vence 1ª bateria da SuperBike; Dazzi leva a melhor na SuperBike Light
Danilo Lewis (#17), da equipe Tecfil Racing Team, foi o grande vencedor da primeira bateria da SuperBike – realizada em grid conjunto com a SuperBike Light –, válida pela 1ª etapa da Copa Pirelli 2017, realizada no final da manhã deste domingo (22) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O atual vice-campeão Brasileiro não participou dos treinos livres e classificatórios, e entrou na disputa somente durante o warm-up. Após largar do meio da fila, Lewis ganhou diversas posições e ainda na segunda volta já brigava pela ponta. O piloto da Tecfil não demorou muito para conseguiu ultrapassar Jeferson Marchesin Friche (#6), da HG Motos Racing, e assim assumir a liderança. Sem contratempos, Lewis ampliou constantemente sua vantagem e recebeu a bandeirada sete segundos à frente dos adversários.

Já a segunda posição na prova ficou com Juninho Trudes (#72), da equipe RF Racing. Logo após Dazzi assumir a dianteira, Trudes conseguiu ultrapassar Friche e manteve a posição até o fim da prova. Jeferson Friche, que disputa a categoria Pro Amador, foi o terceiro colocado no geral. Nas posições seguintes, Rodrigo Calmon Dazzi (#146), da equipe Indus Giromoto Ello D2 Racing, e Vitor Moraes Reis (#25) – ambos da Light – protagonizaram uma bela disputa pelo quarto lugar. Depois de seguidas trocas de posições, nos momentos finais da corrida, Dazzi conseguiu ficar na frente e cruzar a linha de chegada em quarto. Já Vitor Reis completou o pódio principal na quinta posição.

Pela categoria Pro, Lewis foi o vencedor, seguido por Juninho Trudes na segunda posição. Marcelo Skaf (#177), da Kawasaki Racing Team, – que não participou dos treinos – garantiu o terceiro lugar no pódio, logo à frente de Bruno Corano (#34), da Kawasaki Racing Team, em quarto.

Na Pro Amador, Jeferson Friche ganhou a prova. Mario Edson Nascimento (#24), da equipe Full Rider Team, faturou a vice-liderança seguido por Fábio Nallin (#47), da Vulcan.Bor, em terceiro, Diego Viveiros (#23), da Tecfil Racing Team, em quarto, e Daniel Toloni (#3), da Misano Racing Team, em quinto lugar no pódio.

Enquanto isso, na categoria SuperBike Light, o atual campeão Brasileiro, Rodrigo Dazzi, assegurou a vitória na primeira bateria da etapa. Vitor Reis encerrou a prova na segunda colocação, seguido por Fabrício Marciano de Freitas (#131), da equipe Motonil, em terceiro, Victor Villaverde (#42), da Cerciari Racing School, em quarto e Helison da Silva Chin (#888), da Tecfil Racing Team, em quinto.

Já pela Master – com pilotos acima de 45 anos -, a vitória foi para Marcos Senra (#67), da equipe Moretti Racing Team. O piloto dominou a disputa da categoria e não teve dificuldades para vencer a prova. O segundo lugar no pódio foi para Sergio H. Hidani (#135), da Misano Racing, seguido por Edson Errera (#86), da Errera Racing, em terceiro, Edison Simões (#211), da Pitico Racing Team, em quarto, e José Cunha (#133), da Misano Racing, completando o pódio na quinta posição.

Lewis mantém vitória na 2ª bateria da SuperBike; Vitor Reis ganha na Light
Em uma corrida emocionante, Danilo Lewis (#17), da equipe Tecfil Racing Team, garantiu mais uma vitória na segunda bateria da SuperBike – disputada em grid conjunto com a SuperBike Light -, em prova realizada na tarde chuvosa deste domingo (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). Com o resultado, Lewis abriu a primeira etapa da Copa Pirelli com 100% de aproveitamento.

Ao contrário da corrida anterior, desta vez Lewis precisou lutar bastante para alcançar o lugar mais alto do pódio. O piloto, que largou numa posição intermediária do grid, na terceira volta já ocupava a vice-liderança, após ultrapassar Jeferson Marchesin Friche (#6), da HG Motos Racing, que disputa a categoria Pro Amador. Entretanto, a ponta vinha sendo ocupada por Marcelo Skaf (#177), da equipe Kawasaki Racing Team, e ele prometia defender bem a posição. Foi então que Lewis iniciou a perseguição ao ponteiro. Com uma diferença na casa de um segundo entre os dois, essa briga seguiu até os momentos finais da corrida. Na 12ª e última volta, o piloto da Tecfil conseguiu realizar a ultrapassagem e receber a bandeirada com uma vantagem mínima um décimo para Skaf, que ficou com o segundo lugar.

Já a terceira posição no geral foi para Jeferson Friche. O piloto fez uma corrida solitária e após ser ultrapassado por Skaf manteve a colocação até cruzar a linha de chegada. Vitor Moraes Reis (#25) – que disputa a categoria Light – foi o quarto colocado. E completando o pódio principal, Victor Villaverde (#42), da Cerciari Racing School, também da Light, garantiu a quinta posição.

Pela categoria SuperBike Pro, o vencedor foi Danilo Lewis, seguido por Marcelo Skaf na segunda colocação. Juninho Trudes (#72), da equipe RF Racing, não fez uma grande corrida e ficou com o terceiro posto, à frente de Bruno Corano (#34), da Kawasaki Racing Team, em quarto.

Enquanto isso, pela categoria SuperBike Pro Amador, Jeferson Friche foi o grande vencedor desta segunda bateria. Diego Viveiros (#23), da equipe Tecfil Racing Team, fez uma corrida de recuperação e, após realizar diversas ultrapassagens, garantiu o segundo lugar no pódio. Na sequência, Fábio Nallin (#47), da Vulcan.Bor, obteve o terceiro lugar, logo à frente de Mario Edson Nascimento (#24), da Full Rider Team, em quarto, e de Daniel Toloni (#3), da Misano Racing Team, na quinta posição.

Pela categoria SuperBike Pro Master, o único participante foi Ricardo Seiji Hayachi (#36), da equipe Hayashi Racing Team. Ele foi o 14º piloto a receber a bandeirada.

Já na SuperBike Light, Vitor Reis (#25) dominou a prova de ponta a ponta e garantiu a vitória. A segunda posição ficou com Victor Villaverde (#42), da equipe Cerciari Racing School, seguido por Fabrício Marciano de Freitas (#131), da Motonil, em terceiro. Rodrigo Calmon Dazzi (#146), da Indus Giromoto Ello D2 Racing, não fez uma grande prova e foi apenas o quarto colocado. E completando o pódio, Danilo Berto (#83), da equipe Bercon, garantiu a quinta posição.

Pela SuperBike Light Master – com pilotos acima de 45 anos –, Marcos Senra (#67), da equipe Moretti Racing Team, foi o vencedor. O piloto teve um bom desempenho e disputou posições com os primeiros colocado do geral. Já a vice-liderança da categoria ficou com Sergio H. Hidani (#135), da Misano Racing. Edson Errera (#86), da equipe Errera Racing, foi o terceiro colocado, logo à frente de José Cunha (#133), da Misano Racing, em quarto, e de Edison Simões (#211), da Pitico Racing Team, na quinta posição.

Confira resultado da 1ª bateria conjunta entre Copa CBR 500R e categorias 300cc
Leonardo Tamburro (#53), da equipe Honda MotoSchool de Talentos, foi o vencedor da primeira corrida da Copa Honda CBR 500R, válida pela 1ª etapa da Copa Pirelli 2017, realizada na manhã deste domingo (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). Em um grid conjunto com as categorias de 300 cm³ de cilindrada, Tamburro largou em primeiro e travou um longo embate com seu principal adversário, Arthur Costa (#99), da equipe 99 Racing. Os dois pilotos dispararam na frente dos demais adversários e protagonizaram um belíssimo pega. Com uma diferença mínima entre eles, Tamburro e Arthur revezaram a liderança da prova. Porém, na última volta, o piloto da equipe 99 Racing sofreu uma quebra e deu a vitória para Tamburro.

Com isso, o segundo a cruzar a linha de chegada foi Samantha Trindade (#7), da equipe Duas Rodas Team Racing, que disputa a CBR 500R Light. A piloto estreante no campeonato venceu com folga a sua categoria. Na sequência, Alexandre Dal’ Olio Franca (#82), da Moretti Racing Team/SAF-RJ, foi o vice-líder da Light e terceiro no geral. Sua companheira de equipe, Linda Raad (#23), foi a próxima a receber a bandeirada e garantiu o terceiro lugar no pódio da Light. Já Arthur Costa encerrou a prova na quinta posição do geral e segundo da Pro mesmo após ter quebrado na última volta.

Na composição dos pódios das categorias de 500cc, Tamburro ficou com a primeira posição na Pro, seguido por Arthur Costa em segundo e Maria Fernanda Rocha (#22), da equipe Moretti Racing Team/SAF-RJ, na terceira posição. Pela Light, a vencedora foi Samantha Trindade, com Alexandre Franca em segundo, Linda Raad em terceiro e Lucas Alvarenga (#5), da MotoSchool Racing Team, na quarta posição. Na categoria Teen, Lucas obteve a vitória, seguido por Maria Fernanda em segundo.

Na categoria Yamaha R3 Cup, o grande vencedor desta primeira bateria foi Enzo Valentim Garcia (#29), da equipe Fastkids. O jovem piloto assumiu a dianteira da prova ainda na primeira volta e por toda a primeira metade da corrida foi perseguido por Davi Gomide (#31), da equipe Playstation Yamaha. Entretanto, o adversário sofreu uma queda e com isso a vitória ficou encaminhada para Enzo.

A vice-liderança entre as Yamahas foi para Humberto Turquinho Jr (#12), da equipe Pitico Race Team. Eliton Kawakami (#27), da Playstation Yamaha, foi o terceiro a receber a bandeirada, seguido por Davi Gomide, que consegui retornar à prova para garantir o quarto lugar no pódio. E completando a disputa, Sarah Conessa de Moura (#35), da Cerciari Racing School, fechou a quinta posição.

Entre as verdinhas da Copa Kawasaki Ninja 300, a vitória ficou com Willians Sales Piui (#92), da equipe Piui Motorsport. O piloto dominou a prova de ponta a ponta e não encontrou dificuldades para se sagrar vencedor. Enquanto isso, a segunda posição ficou para Bruno Ribeiro (#169), da equipe Rota Baús.

Pela categoria Light, Kleber Santos (#213), da equipe Speed Racing, foi o vencedor. O piloto foi perseguido por Miguel Neto (#111) nas primeiras voltas, porém, na meio da prova já havia aberto uma grande vantagem de mais de 15 segundos para o adversário. Miguel ficou com a segunda posição no pódio, logo à frente de Denis M. Peppe dos Anjos (#277), da Piui Motorsports, em terceiro, Renan Fernandes (#62) em quarto e Paulo Roberto Brandão (#17) na quinta posição.

Resultado da 2ª bateria conjunta da Copa CBR 500R e categorias de 300cc
Leonardo Tamburro (#53), da equipe Honda MotoSchool de Talentos, não deu chances aos adversários e venceu a segunda bateria da Copa Honda CBR 500R – realizada em grid conjunto com as categorias de 300cc -, prova realizada no final da tarde deste domingo (22) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). Com o resultado, o piloto terminou a 1ª etapa da Copa Pirelli 2017 com 100% de aproveitamento. Tamburro dominou a corrida de ponta a ponta e já nas primeiras voltas abriu uma gigantesca vantagem sobre os adversários. Sem dificuldades, o piloto completou as 10 voltas e recebeu a bandeira quadriculada em primeiro.

Já as posições seguintes foram bem mais disputadas. Em uma prova eletrizante, Samantha Trindade (#7), da equipe Duas Rodas Team Racing, – que corre pela Light – conquistou a vice-liderança da corrida apenas na volta final. A piloto estreante no campeonato conseguiu ultrapassar Lucas Alvarenga (#5), da equipe MotoSchool Racing Team, – também da Light – e garantir o segundo lugar no pódio principal. Já o adversário obteve a terceira posição. Seguindo a classificação geral da prova, Arthur Costa (#99), da equipe 99 Racing, foi o quarto a receber a bandeirada, logo à frente de Alexandre Dal’ Olio Franca (#82), da Moretti Racing Team/SAF-RJ, – participante da Light – na quinta posição.

Na composição dos pódios das categorias de 500cc, Tamburro ficou com a primeira posição na Pro, seguido por Arthur Costa em segundo e Maria Fernanda Rocha (#22), da equipe Moretti Racing Team/SAF-RJ, na terceira posição. Pela Light, a vencedora foi Samantha Trindade, com Lucas Alvarenga em segundo, Alexandre Franca em terceiro e Linda Raad (#23), da Moretti Racing Team/SAF-RJ, na quarta posição. Na categoria Teen, Lucas obteve a vitória, seguido por Maria Fernanda em segundo.

Na categoria Yamaha R3 Cup, o grande vencedor da segunda bateria foi Eliton Kawakami (#27), da equipe Playstation Yamaha. O jovem piloto enfrentou uma briga dura com Davi Gomide (#31), da Playstation Yamaha, e os dois revezaram a ponta ao longo de toda a prova. Na volta final, Eliton conseguiu manter a dianteira e cruzar a linha de chegada em primeiro. Já Davi Gomide ficou com a segunda posição no pódio. O terceiro lugar entre as Yamahas ficou com Humberto Turquinho Jr (#12), da equipe Pitico Race Team. Já Sarah Conessa de Moura (#35), da Cerciari Racing School, foi a quarta a receber a bandeirada.

Entre as verdinhas da Copa Kawasaki Ninja 300, a primeira colocação ficou mais uma vez com Willians Sales Piui (#92), da equipe Piui Motorsport. Enquanto isso, Bruno Ribeiro (#169), da Rota Baús, fechou o segundo lugar no pódio.

Pela categoria Ninja 300 Light, Kleber Santos (#213), da equipe Speed Racing, foi o vencedor. Miguel Neto (#111) ficou com a segunda posição da prova, à frente de Denis M. Peppe dos Anjos (#277), da Piui Motorsports, em terceiro, de Paulo Roberto Brandão (#17), em quarto, e de Renan Fernandes (#62) na quinta posição.

2ª ETAPA COPA PIRELLI SBK 2017
Dias: 03, 04 e 05 de março
Onde: Autódromo José Carlos Pace (Autódromo de Interlagos)
Endereço: Av. Sen. Teotônio Vilela, 261 – Interlagos, São Paulo (SP)
Horários bilheteria: sexta-feira (03) e sábado (04) das 8 às 18h, e domingo (05) das 8 às 16h
Mais informações: 
www.superbike.com.br

Autor: Eduardo Azeredo

770 stories / Procurar todas
Do Rio de Janeiro, há mais de 14 anos envolvido com o motociclismo, e atua como piloto de testes e jornalista motociclístico para diversos veículos de comunicação, em especial o Jornal Motocycle, Revista Torque, CarPoint News, entre outros, fazendo avaliações / testes de motocicletas e produzindo matérias a respeito do mundo duas rodas. Também apresentador do programa Duas Rodas News, na emissora Luau TV

Relacionadas »