Montadoras abrem o Salão Duas Rodas despejando novidades para o público brasileiro

Em sua 13ª edição o Salão Duas Rodas, apesar do cenário de crise em que o país se encontra – o que acabava deixando algumas dúvidas em relação ao que o evento traria -, o que pudemos ver foi um Salão ligeiramente menor, fisicamente, que a edição anterior, mas com a mesma grandiosidade que faz do deste o maior evento de motos do Brasil.

Ontem, 6 de outubro, no primeiro dia de atividades oficiais, dedicado exclusivamente à imprensa, tivemos diversas coletivas, com praticamente todas as montadoras presenteando os motociclistas brasileiros com vários lançamentos e novidades.

Quem abriu a série de coletivas de imprensa foi a inglesa Triumph que reforçou todo o seu esforço em fazer um bom trabalho e entregar motos de qualidade no Brasil, fechando com o lançamento da nova versão da Tiger 800 XCa, que passa a ser a versão mais bem equipada do modelo, contando com aquecedores de manoplas e assentos (piloto e garupa), bagageiros e muitas outras coisas.

Na Harley-Davidson o grande destaque ficou com o projeto LiveWire, a primeira moto elétrica da marca, pela primeira vez no Brasil, com seu visual bastante futurista e tendência que remete à esportividade. O público tem a oportunidade de ver a máquina de perto e também de acelerar, em uma especie de dinamômetro, com a moto parada, dando a chance de sentir um pouco da força e do lindo som da moto. A marca norte-americana trouxe também os lançamentos da linha para 2016.

A japonesa Yamaha mostrou 5 modelos, a crossover MT-09 Tracer, a superesportiva YZF-R1, ambas bastante aguardadas pelos brasileiros, a nova Factor 150, a série especial da Super Ténéré, com grafismo comemorativo de aniversário da marca – que se estende a outros modelos -, e o surpreendente NMax, com motor 155 cc. Outro destaque fica com o simulador de corrida com movimentação física bastante realística, em uma moto de verdade.

Na Traxx seus representantes buscaram reforçar a imagem da marca, falando de seus planos e investimentos no mercado brasileiro, mas o foco da apresentação ficou com a street TSS 250.

A Honda apareceu com um lançamento de certo modo polêmico, com a volta da CB Twister 250cc, substituindo a CB 300, chegando com proposta de preços sugeridos de R$ 13.050, sem ABS, e R$ 14.550, com freios ABS. A japonesa mostrou que quer, definitivamente, dominar o mercado de scooters, apresentando a nova versão do scooter PCX 150, e seu novo scooter SH 300i, para brigar com os concorrentes de maior cilindrada. Outra notícia boa foi a divulgação oficial de que a big-trail Africa Twin está a caminho, para 2016. Em seu estande a marca expõe a moto que Marc Márquez uso quanto foi campeão do MotoGP em 2013.

Ainda no segmento de scooters a Dafra apresentou o modelo Fiddle III, com motor 125 cc e design em estilo retrô, que deve fazer sucesso. Em paralelo a marca anunciou também a custom Horizon 150, com visual que lembra bastante a Harley-Davidson 883.

O lançamento da 200 Duke e os planos da empresa no Brasil foram os grandes assuntos na KTM, que divulgou também a parceria com a Mitsubishi, lançando a L200 Triton KTM Series, um modelo especial da pickup com identidade visual e diversos elementos dedicados à austríaca KTM.

Na BMW o grande lançamento do dia foi a crossover S 1000 XR, dotada de motor quatro cilindros em linha e estilo big-trail, mas o maior destaque acabou ficando com a exibição inédita do primeiro modelo de menor cilindrada da marca alemã, a G 310, uma naked que ainda é um protótipo, destinado a manobras radicais, mas que tem planos de lançamento em 2016.

A italiana Ducati dividiu seus holofotes entre a terceira geração da Multistrada 1200, que chega com várias inovações especialmente na eletrônica embarcada, a superesportiva 1299 Panigale, com motor V2 Testastretta de 205 cv, e a recém lançada Scrambler, com várias versões, tendo finalmente seu preço divulgado, custando R$ 36.990.

O momento mais esperado do dia sem dúvida era o lançamento da norte-americana Indian Motorcycle, marca inédita no Brasil, que conheci recentemente lá nos Estados Unidos e a matéria pode ser vista la no canal do Duas Rodas News no YouTube. A marca voltada ao estilo custom, que chega para disputar a fatia de mercado com a também norte-americana Harley-Davidson, exibindo modelos lindíssimos e dotados de moderna tecnologia. O público pode ver de perto os cinco belos modelos, com destaque especial para a Scout, que deve ser a queridinha da marca aqui no Brasil, além da Chief Classic, Chief Vintage, Chieftain e Roadmaster.

Suzuki e Kawasaki não tiveram coletivas neste dia, mas exibem em seus estandes muita coisa interessante. A Kawasaki, exibe a novíssima superesportiva Ninja H2R e promete grandes novidades que serão divulgadas amanhã, dia 8, em seu estande. Na Suzuki o público pode ver de perto as recém lançadas GSX-S1000A e GSX-S1000FA, além de vários outros modelos.

O público ainda terá muitas outras marcas, como MV Agusta, Bull Motors e muitas outras, além, é claro, das incontáveis estandes de peças, acessórios, equipamentos de segurança, vestuários e muito mais.

Hoje, 7 de outubro, o Salão Duas Rodas abre as portas para o público que certamente vai ter muito o que apreciar e se divertir, até o segunda, dia 12. Vale a pena conferir!

Autor: Eduardo Azeredo

770 stories / Procurar todas
Do Rio de Janeiro, há mais de 14 anos envolvido com o motociclismo, e atua como piloto de testes e jornalista motociclístico para diversos veículos de comunicação, em especial o Jornal Motocycle, Revista Torque, CarPoint News, entre outros, fazendo avaliações / testes de motocicletas e produzindo matérias a respeito do mundo duas rodas. Também apresentador do programa Duas Rodas News, na emissora Luau TV

Relacionadas »