Dafra Riva 150 2012

Para aqueles motociclistas que procuram uma moto ideal para o trânsito, com bom desempenho, econômica e que seu valor de compra seja baixo, a Dafra traz uma ótima opção, a Riva 150. Com preço inferior ao dos modelos similares das marcas concorrentes, custando R$ 5.150,00, e mostrando qualidade semelhante, ela vem atraindo a atenção do mercado e ajudando a marca a crescer no volume de vendas.

Muitos não sabem, mas na prática a Dafra agrega sua marca a projetos de montadoras estrangeiras, e a moto desta avaliação é um projeto da chinesa Haojue. Há também a participação de engenheiros brasileiros para que possam ser feitas adaptações no equipamento visando plena adequação à nossa realidade, como por exemplo ajustes na suspensão, para suportar a nossa buraqueira habitual, ajustes para compatibilizar à nossa gasolina, que possui adição de álcool, entre outras modificações.

A pequena street exibe esportividade devido a alguns detalhes visuais e funcionais, como por exemplo o spoiler aerodinâmico abaixo do motor, o painel com ênfase no grande conta-giros analógico e instrumentos digitais, como velocímetro e marcador de marchas, e farol com design arrojado, integrado com painel de instrumentos.

A marca precisa investir um pouco mais na melhoria de acabamento, pois identifiquei algumas falhas que atrapalham um pouco a estética da moto, como fios aparentes e algumas peças não muito bem encaixadas. Mesmo assim continua sendo uma ótima moto de entrada, ideal para quem está começando no motociclismo ou para quem procura uma moto arrojada para o dia-a-dia do trânsito.

Apesar do banco relativamente duro e um pouco mais fino, se comparado com a maioria das concorrentes, a moto proporciona uma boa posição de pilotagem, oferecendo conforto para pernas e braços, tanto o carona quanto o piloto.

Dentro das possibilidades de seu motor 149,3cm³, aliado a um sistema de carburação, gerando 12,1 cv e torque de 1,11 kgfm, a Riva oferece um bom desempenho. A relação de marchas é alongada, permitindo ao piloto esticar um pouco mais e maior ganho de velocidade. Nos testes demonstrou certa facilidade para chegar aos 80km/h, velocidade ideal para se andar confortavelmente, sem forçá-la. A velocidade final obtida, com esforço, em diversas tentativas foi de 111Km/h no plano e 123km/h em descida. Essa “precisão” de velocidade se deve ao já mencionado velocímetro digital, que dá um grande charme à motocicleta.

Como outros componentes de destaque a Riva 150 conta com partida elétrica e quique, freio dianteiro a disco, tampa do tanque no estilo das grandes esportivas, descanso lateral e cavalete central, carenagens no tanque, farol e rabeta esportivos, rodas de liga-leve aro 18”. Tudo isso faz com que ela tenha um visual bem arrojado e diferenciado entre as concorrentes de seu segmento.

Resumindo, se você procura uma moto ideal para o dia-a-dia, que encare sem problemas o trânsito pesado, os buracos, que tenha um visual arrojado, painel moderno, e que seja econômica, a Dafra Riva 150 pode ser o que precisa.

Aproveito para agradecer à Dafra Motos pela colaboração, cedendo a moto utilizada nesta avaliação.

Ficha técnica

Dimensões:
Altura: 1.095 mm
Largura: 760 mm
Comprimento: 1.995 mm
Distância entre eixo: 1.280 mm
Altura mínima do solo: 178 mm
Altura do banco: 770 mm

Motor:
Monociclíndrico: 4 tempos, OHC, Refrigerado a ar
Disposição do cilindro: Vertical
Diâmetro x Curso: 62,0 x 49,5 mm
Cilindrada: 149,4 cm³
Taxa de compressão: 9,2 : 1
Potência máxima: 12,1 cv @ 8.250 rpm
Torque máximo: 10,9 N.m @ 6.600 rpm
Combustível: Gasolina
Sistema de Partida: Elétrica e a pedal
Velocidade máxima: 103 km/h

Chassi:
Chassi: Tubular
Suspensão dianteira: Telescópica – 105 mm
Suspensão traseira: Biamortecida – 77 mm
Rodas: Liga-Leve aro 18″
Pneu dianteiro: 2.75-18 – Pirelli (sem câmara)
Pneu traseiro: 90/90-18 – Pirelli (sem câmara)
Freio dianteiro: Disco com duplo pistão (Hidráulico)
Freio traseiro: Expansão interna (Mecânico por haste)
Embreagem: Multi-disco banhada a óleo

Autor: Eduardo Azeredo

771 stories / Procurar todas
Do Rio de Janeiro, há mais de 14 anos envolvido com o motociclismo, e atua como piloto de testes e jornalista motociclístico para diversos veículos de comunicação, em especial o Jornal Motocycle, Revista Torque, CarPoint News, entre outros, fazendo avaliações / testes de motocicletas e produzindo matérias a respeito do mundo duas rodas. Também apresentador do programa Duas Rodas News, na emissora Luau TV

Relacionadas »